Dez Clichês sobre os alemães

Em todos os países existem aqueles clichês ou “pré-conceitos” que todos nós temos a respeito de outros países. Alguns são verdadeiros e outros exagerados ou mentira. Tipo: “Os italianos falam alto e gesticulam muito”(esse é verdade). “Os brasileiros so pensam em samba e futebol.” “Alemão só come batata, bebe cerveja o dia todo e anda de calça de couro pelas ruas.”, e assim por diante. Vou passar alguns dos clichês mais comuns que se tem a respeito do povo alemão, esclarecendo assim algumas dúvidas do que é verdade ou mentira sobre eles. Mas mesmo assim deixo para que tomem a própria conclusão principalmente para aqueles que já foram ou que estão indo. Deixem um recado relatando as suas experiências quando na Alemanha! Alles Liebe

Alemão só come salsicha e chucrute

17087863_303O alemão na realidade come muita batata e pão. E os pratos tradicionais contêm muita gordura e carne de porco. Mas, nos últimos anos, a cozinha alemã se reinventou e ficou mais leve, atendendo a um gosto mais internacional.

Alemão bebe cerveja o dia todo

Os alemãe19184475_303s estão entre os principais consumidores per capita de cerveja no mundo, mas não se trata apenas de uma questão de quantidade. É porque eles prezam a qualidade de sua cerveja. Aliás, o país também tem excelentes vinhos e destilados. E, diga-se de passagem, a bebida mais consumida é o café.

Não há limite de velocidade

Há, sim! Seja em lo19180836_303cais perigosos, por questões de barulho ou climáticas, cerca de 30% dos trechos de Autobahnen têm velocidade limitada, segundo o Automóvel Clube Alemão (ADAC).

 

Todos usam calça de couro

Apenas na Bav16158004_303iera são usados o Dirndl (vestido típico) e a calça de couro. E não por todos os quase 13 milhões de habitantes do estado. Seria o mesmo que dizer que no Brasil todos andam com saia de baiana ou de bombacha, ou que todos sabem sambar.

O idioma alemão é rude

17565360_303Muitos vídeos nas redes sociais e filmes da 2ª Guerra ajudam a propagar o clichê de que o idioma alemão soa de forma ríspida. Tudo bem, não é como o francês, mas é tudo uma questão de entonação.

Alemães não são educados

Os alemães são f15637357_303rancos, mas não mal-educados. Eles vão direto ao assunto e dizem a verdade porque simplesmente não gostam de ficar falando só por falar. É preciso ver isso como uma forma de eficiência. E que o alemão é eficiente, esse sim é um dos poucos clichês que conferem.

Alemanha é o país dos cachorros

Na realida15885952_303de, a maioria das pessoas na Alemanha possui gato (28%, enquanto 23% tem cachorro). Segundo um estudo da Universidade de Göttingen, entre os animais domésticos na Alemanha há 11,5 milhões de gatos e 6,9 milhões de cachorros. Mas quando questionados sobre o animal que lhes é mais simpático, a maioria diz preferir o cão.

Alemão não tem senso de humor

O alemão nã19224860_303o acha graça nisso. Afinal, rir é universal, mas há diferenças sobre do que rimos. Achar graça de alguma coisa é uma questão cultural, e, se os bons humoristas alemães não são conhecidos no exterior, talvez seja porque só os alemães os entendem.

O alemão é severo

Talvez es17528874_303te clichê tenha surgido por causa da eficiência alemã. O alemão gosta de problemas resolvidos. Ele gosta das coisas previsíveis, por isso sabe exatamente quando chega o metrô. Mas isso não quer dizer que ele seja severo.

Schwarzenegger é alemão

O ex-govern16538405_303ador da Califórnia Arnol Schwarzenegger é austríaco, o que, para os que entendem alemão, pode ser facilmente notado no seu jeito de falar.

 

Fonte

As Bibliotecas mais impressionantes da Alemanha

Para você que vai para a Alemanha ou esta lá. Gosta de livros e cultura, vai uma dica de algumas das mais belas e impressionantes bibliotecas!!
“A única coisa que se precisa saber com certeza é onde fica a biblioteca”, disse Albert Einstein uma vez. Confira aqui uma seleção de algmas bibliotecas na Alemanha, em estilos que vão do barroco ao modernismo sem adornos.

Biblioteca Municipal de Stuttgart19451235_303

Projetada para ser um centro de produção cultural, a Biblioteca Municipal de Stuttgart foi construída em 2011, como um cubo de nove andares. As paredes externas são de tijolos de vidro levemente acinzentados. No interior, ela é totalmente branca. Os livros que revestem os cinco andares do luminoso vão interno são os únicos arroubos de cor. À noite, a biblioteca é iluminada em diferentes cores.

Biblioteca Anna Amalia19451249_303

A Biblioteca Anna Amalia é uma pequena joia em Weimar que abriga livros, mapas, partituras e registros ancestrais. O seu nome é uma homenagem à duquesa, que fez com que os livros da corte fossem transferidos para o edifício rococó em 1766. Um incêndio em 2004 destruiu parte da preciosa coleção. O prédio considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco foi reaberto após três anos de restauração.

Biblioteca Augusta19451241_303

A Biblioteca Duque Augusto em Wolfenbüttel é uma das mais antigas do mundo entre as que chegaram aos dias atuais sem perdas em suas famosas coleções. Ela foi transformada numa das maiores bibliotecas europeias de sua época pelo duque Augusto (1579-1666), um ávido colecionador de livros. Ainda hoje, os acadêmicos continuam a recorrer à instituição por sua riqueza em literatura medieval.

Biblioteca Foster19451270_303

Devido à sua forma craniana, esta instituição berlinense foi apelidada de “o cérebro”. Ela abriga as bibliotecas dos Departamentos de Filosofia e Humanidades da Universidade Livre de Berlim e logo se tornou um marco arquitetônico. Inaugurada em 2005, ela foi projetada pelo arquiteto britânico de renome internacional Norman Foster.

Biblioteca de Ciências de Oberlausitz19451824_303

Localizada em Görlitz, junto à fronteira com a Polônia, a Biblioteca de Ciências de Oberlausitz remonta a 1806. Simples, mas convidativa, trata-se de um dos mais impressionantes exemplos classicistas de prédios de biblioteca. Mais de 140 mil livros documentam a história, cultura, natureza e sociedade da região que vai de Dresden, no Oeste, até Wroclaw, no Leste.

Centro Jacob e Wilhelm Grimm19468593_303

O espetacular Centro Grimm é parte da Universidade Humboldt de Berlim. Construído em 2009, ele abriga uma biblioteca e os serviços de informática e mídia da universidade. A sala de leitura (foto) se localiza no centro do edifício. Por sua dimensão e sua concepção espacial quase cênica, ela proporciona “a sensação de ler a céu aberto”, diz o arquiteto Max Dudler

Biblioteca Estadual da Baviera19451260_303

As coleções iniciadas em meados do século 16 cresceram para mais de 10 milhões de volumes na Biblioteca Estadual da Baviera em Munique, antes conhecida como Biblioteca Regia Monacensis (Biblioteca Real de Munique). Entre 1832 e 1843, o acervo foi transferido para o prédio atual, que foi completamente destruído na Segunda Guerra. A biblioteca levou anos para ser reconstruída.

Sala de leitura Kolumba19457004_303

A sala de leitura do Museu Kolumba, em Colônia, é uma joia por si mesmo. Trata-se de um espaço para contemplação, com paredes revestidas de madeira rajada e uma vista deslumbrante para a metrópole renana a partir de suas altas janelas. Os livros? Catálogos de exposição, publicações individuais e uma coleção variável de romances, livros de arte e infantis, selecionados pela equipe do museu.
FONTE

 

Palavras com duplo sentido

A língua alemã tem muitas palavras compostas,  e  também muito curiosas e com duplo sentido ( como em todas as línguas). Hoje selecionei algumas dessas expressões curiosas  para  vocês .Como existem muitas delas e não dá para colocar todas vou postando aos poucos para vocês aprenderem.

Helikoptermutter0,,6478048_7,00

É normal que as mães se preocupem com os filhos e ajudem no que for possível para que eles cresçam saudáveis e equilibrados. Entretanto, algumas delas exageram na atenção, tornando-se o que os alemães ironicamente chamam de Helikoptermutter (Mutter = mãe, Helikopter = helicóptero). A “mãe helicóptero” quase não tem vida própria. Seu cotidiano gira única e exclusivamente em torno do pimpolho.

Schlus0,,18875404_303,00slicht

Ter uma Schlusslicht no carro é obrigação. Mas ser uma Schlusslicht ninguém quer! Em seu sentido original, a palavra Schlusslicht (Licht = luz, Schluss = final) significa “luz traseira, lanterna traseira”. Mas, usada ironicamente, significa “último colocado”, “lanterninha”

Knautschz0,,15665688_303,00one

Nos anos 1950, um engenheiro húngaro teve a ideia de diminuir a energia gerada no choque entre veículos. Assim, os carros passaram a ter, principalmente nas partes frontal e traseira, uma Knautschzone (Zone = área; knautschen = amassar). A “zona de amasso”, diga-se de passagem, já salvou muitas vidas!

Luftzu0,,17183788_303,00g

Os trens da Alemanha têm fama de serem pontuais. Mas o Luftzug (Zug = trem, Luft = ar) é muito especial. Ele não tem lugar nem hora certa para passar. E há ainda pessoas que detestam tomar um “trem de ar”, que nada mais é do que o que chamamos de corrente de ar.

Plombenz0,,5675254_7,00ieher

Quem não conhece aquelas balas deliciosas que grudam nos dentes? Até os dentistas devem gostar dessa guloseima pois além de gostosas elas trazem mais pacientes aos consultórios. Apropriadamente o alemão coloquial denomina essas balinhas de “arranca obturação”. Plombenzieher: ziehen = puxar, arrancar + Plombe = obturação.

Armutszeugnis0,,18886905_303,00

Antigamente na Alemanha, quem não podia pagar os gastos de um processo tinha que apresentar um atestado que comprovasse sua pobreza. Hoje, o “Armutszeugnis” (Zeugnis = atestado, certificado; Armut = pobreza) não é mais usado, mas a expressão ficou e é empregada para definir fraqueza de caráter ou incapacidade de fazer algo.

Reisefieber0,,18848013_303,00

Você já teve “febre de viagem”? Imagine só a situação: às vésperas de uma viagem, você começa a se sentir mal, dor de cabeça, suor nas mãos. Ficar doente agora não dá! Calma, não é nada grave. Na maioria dos casos, são apenas sintomas comuns do que os alemães chamam de Reisefieber (Fieber = febre, Reise = viagem). É aquela mistura de nervosismo, ansiedade e excitação que antecedem uma viagem.

Ohrfeige0,,18593091_303,00

Cru, seco ou em calda, o figo é uma fruta muito apreciada por seu valor nutritivo. Receber figos de presente é bom, mas receber um “figo na orelha” ninguém quer! A palavra Ohrfeige (Feige = figo, Ohr = orelha) não tem nada a ver com a fruta. No alemão coloquial significa simplesmente uma bofetada no rosto.

Luftsch0,,18454179_303,00loss (das)

Uma mansão com piscina, quadra de tênis, sala de cinema, garagem com no mínimo um BMW e um Porsche dentro. Um cruzeiro pelo mundo… Para se construir um Luftschloss (Schloss = castelo, Luft = ar) não é necessário ser engenheiro ou arquiteto. Basta colocar a imaginação para funcionar e dar asas à fantasia que o “castelo de ar” fica pronto rapidamente. Afinal, sonhar não custa nada!

0,,18304459_303,00Gewohnheitstier (das)

Tem gente que gosta de novidades. Outros, entretanto, preferem aquilo que já conhecem: férias sempre no mesmo lugar, jantar sempre no mesmo restaurante, sempre a mesma marca de carro… Para definir esse tipo de criatura de hábitos arraigados, o alemão usa o termo Gewohnheitstier (Tier = animal, Gewohnheit = hábito)
FONTE

 

 

 

 

.

 

 

 

 

Férias de verão na Alemanha

Eu sei que o verão já está no meio da temporada, mas nunca é tarde para aprender alguns termos úteis para quem estiver pensando em passar ou  passando o verão na Alemnha. Então aqui vão 10 termos úteis para as férias de verão na Alemanha.

Urlaubsreif0,,15822342_303,00

Após meses de trabalho duro, qualquer um sente que tem todo direito de sair de férias. Ou que está “maduro para as férias”, como quer a expressão em alemão. Portanto, antes de cair do galho, é hora de colocar na mala o biquíni ou calção de banho e os óculos de sol. Ou as luvas, gorro e esquis, já que a palavra também vale para as férias de inverno.

Fernweh / Heimweh 0,,19345810_303,00

Essa tem uma origem curiosa: “Weh” = dor, “Heim” = lar; portanto “Heimweh” = saudades de casa. Daí acabou se derivando “Fernweh”: saudades do que está longe, incontrolável vontade de partir para o desconhecido. Uma especialidade do povo que é campeão tradicional das viagens (só destronado em 2012 pelos chineses). Alguns alemães até brincam: “Também, com o clima que a gente tem por aqui…”

 

All-Inklusive-Urlaub 0,,18797571_303,00

Férias com tudo incluído é quando não basta não ter que cozinhar: o veranista nem quer o trabalho de procurar um restaurante. Um convite aos quilos extras e o porre crônico, já que alguns desses pacotes de viagens – “All-In” para os íntimos – incluem não só todas as refeições, como também bebida à vontade. Um termo equivalente, mas que ganhou conotação ligeiramente pejorativa é “Pauschalurlaub”.

Reiserücktrittsversicherung 0,,18628169_303,00

Os alemães são obcecados pela segurança – segundo reza o clichê. E esse afã de estar sempre um passo adiante do acaso redunda numa infinita variedade de planos de seguro. Muito apreciado pelos turistas é o seguro de anulação de viagem, que garante o reembolso em caso de doença, crise no país de destino ou outros. Sobra o risco de torcer a língua ao pronunciar “Reiserücktrittsversicherung”!

Sommerfrische 0,,17769781_303,00

Literalmente “frescor veranil”, “Sommerfrische” é um termo mais ou menos antiquado, datando do século 19. O dicionário dos Irmãos Grimm o define como uma estada de descanso no campo durante os meses de verão – na época, um privilégio basicamente reservado à nobreza. Lembre-se que, na falta de sistemas de esgoto, os meses quentes nas cidades grandes eram tudo, menos “frescos”.

Affenhitze 0,,18877019_303,00

Enquanto outros suam como porcos, os alemães apelam para outro animal, quando o calor é intenso demais: “Affenhitze” é um “calor de macaco”. Aparentemente o termo tem menos a ver com nossos parentes primatas e sua capacidade de suar do que com o clima quente das regiões onde eles costumam viver.

Sonnenstich 0,,19328664_303,00

Em pleno processo de bronzeado, o veranista sente dor de cabeça, tontura, náusea, desorientação, desmaia até: claros sintomas de uma insolação. Ou, como quer poeticamente o idioma alemão: uma “picada de sol”. “Strandkörbe” como as da foto, onipresentes nas praias do Mar do Norte, foram criadas por volta de 1910 justamente como prevenção desse efeito colateral das férias ao sol.

Freibad 0,,19407695_303,00

Armadilha clássica para os novatos na Alemanha: “Freibad” quer dizer “banho livre”. Piscina de graça? Ôba! Na verdade, trata-se, sim, de piscinas públicas – das quais há cerca de 7 mil na Alemanha. Mas o “frei” se refere a serem ao ar livre, em oposição ao “Hallenbad”, que é fechado. Por outro lado, para entrar em ambas basta pagar o ingresso, geralmente módico, sem exame médico nem atestados.

Sauregurkenzeit 0,,18030946_303,00

O verão é “tempo de picles” na Alemanha, mas não porque se comam mais pepinos em conserva nessa estação. No século 18 os alimentos frescos eram escassos nos meses de calor, e por vezes picles era tudo o que restava para comer. Mais tarde a palavra foi reciclada para designar épocas de pouco trabalho. Com o Parlamento em recesso, o verão é “Sauregurkenzeit” para os jornalistas, por exemplo.

Altweibersommer 0,,15404479_7,00

À primeira vista, o nome do fim gradual da estação quente na Alemanha, a partir de setembro, parece ser “verão das velhotas”. No entanto a real origem dessa palavra é incerta: segundo uma teoria, viria de “weiben”, termo arcaico para “tecer”, referência às aranhas que aparecem no outono, cujas teias lembram cabelos brancos. Enfim, mais um dos mistérios insolúveis da venerável língua alemã.
FONTE

 

Diferença entre Áustria e Alemanha

 

bandeira-da-austriacores-nacionais-bandeiras

Muitos alunos me perguntam se o alemão austríaco é o mesmo que o alemão da Alemanha, Pois bem a escrita é a mesma, o que difere são algumas palavras ou expressões que são próprias de um país ou do outro. Como nasci escutando austríaco para mim é muito sonoro e compreensível. Já para o aprendiz de alemão se torna as vezes difícil de entender.
Tentei separar algumas dessas palavras e acrescentar um vídeo para que vocês possam sentir a diferença:
Sich aufpudeln: sich wichtig machen
Baba: Tschüs
Blunzen: Blutwurst
Dreck: Schmutz
Fleischhacker: Metzger
Goschen: Mund
Karfiol: Blumenkohl
Erdäpfel: Kartoffeln
Marille: Aprikose
Powidltascherl: Mit Pfalume gefühlte Teigtasche
Sackerl: Tüte
Eu poderia citar muitas palavras, mas ficaria muitos dias enumerando. Existe até um dicionário para quem estiver interessado, com essas diferenças de palavras. Principalmente com relação a comida. Segue um vídeo bem divertido:

FONTE vídeo

Redensarten ( Expressões idiomáticas)

Em se tratando de alemão, um idioma famoso por sua precisão linguística, muitas vezes há pouco espaço para interpretação. No entanto, algumas vezes até o mais rigoroso dos idiomas se desvia de suas raízes literais. No ano passado já  postei algumas delas, e hoje coloco  mais algumas expressões curiosas,  para quando estiverem  na Alemanha não se sentirem tão deslocados.

Ter um porco0,,15678888_303,00

Se você ganhou na loteria, passou numa prova para a qual não estudou ou se livrou de fazer algo que não queria, sorte sua! “Schwein gehabt!” “Você teve um porco!” Os porcos, aliás, aparecem com frequência no linguajar cotidiano. Não há ninguém por perto? “Kein Schwein” (nenhum porco) esteve aqui. Sentiu pena de alguém? Ele é um “armes Schwein” (pobre porco).

Nem todas as0,,15505074_7,00 canecas no armário

Se alguém não tem “alle Tassen im Schrank”, então essa pessoa é meio louca. Um equivalente em português seria algo como “fora da casinha”.

Boa noite de celebração0,,17336370_303,00

Se seus colegas de trabalho falarem para você “schönen Feierabend” depois de um dia no escritório, eles estão lhe desejando um bom descanso depois do expediente e não uma noite de festas. A expressão pode ser usada o dia todo. Mesmo se seu turno terminar ao meio-dia, o resto do dia já vale como “noite de celebração”.

 

0,,16754170_303,00Eu só entendo estação de trem

A frase em alemão “Ich verstehe nur Bahnhof” não significa que quem a pronuncia entende a língua das estações de trem. A expressão é semelhante ao “isso é grego para mim”.

                0,,16371232_303,00 A vida não é um sítio de pôneis

Quando as coisas ficam difíceis, um alemão pode lhe falar que “das Leben ist kein Ponyhof”. Em outras palavras, a vida não é um mar de rosas.

Estou de nariz cheio0,,17388919_303,00

“Ich habe die Nase voll” poderia facilmente ser interpretado como um pedido por um lenço. Em alemão, porém, significa que a pessoa está de saco cheio de algo.

Lúpulo e malte foram perdidos0,,16764619_303,00

O que seria de uma lista de expressões em alemão sem uma referência à cerveja? Se numa situação “Hopfen und Malz ist verloren”, então é melhor desistir porque se trata de uma causa perdida. A expressão, é claro, tem sua origem na produção da cerveja. Se algo der errado durante o processo, então o malte e o lúpulo foram desperdiçados e uma boa cerveja não é mais possível.

Boa noite de c0,,17336370_303,00elebração

Se seus colegas de trabalho falarem para você “schönen Feierabend” depois de um dia no escritório, eles estão lhe desejando um bom descanso depois do expediente e não uma noite de festas. A expressão pode ser usada o dia todo. Mesmo se seu turno terminar ao meio-dia, o resto do dia já vale como “noite de celebração”.

Isso é salsicha 0,,17312880_303,00para mim

Agora que você saiu do trabalho, talvez você esteja aberto a sugestões de como passar o resto do dia. Se tanto faz o que você vai fazer, diga a seus amigos “es ist mir Wurst” e eles saberão que você não está falando de salsicha, mas que, para você, tanto faz.

Pressionando m0,,17429588_303,00eus polegares

Quando seus amigos estiverem lhe desejando boa sorte, dirão “ich drücke dir die Daumen”. E talvez até levantem as mãos para fazer o gesto. Eles querem dizer que torcem por v

 

A mentira tem pernas curtas0,,17312885_303,00

Essa não precisa explicar. Assim como no português, “Lügen haben kurze Beine” significa que uma mentira não dura para sempre.

FONTE