A história da cerveja alemã

0,,19184475_303,00A cerveja como já é de conhecimento geral é a bebida preferida dos alemães. Cada alemão consome em média 110 litros por ano e existem 1350 cervejarias na Alemanha.
Em 23 de abril de 1516 ( a exatos 500 anos) os duques bávaros Guilherme 4º e Ludovico 10º proclamavam num decreto:
“Queremos que, a partir de agora, em nossas cidades e feiras e no campo, não se use na cerveja nada além de cevada, lúpulo e água.” Batizados de “preceito alemão de pureza” (Deutsches Reinheitsgebot), esses princípios valem até hoje, sendo vistos como selo de qualidade por todo o mundo.
A preocupação dos regentes ao impor o preceito era preservar a saúde de seus súditos. Na época a cerveja era, de fato, um gênero alimentício básico. Com teor alcoólico significativamente mais baixo do que a contemporânea, era teoricamente mais “saudável”, bebida o dia inteiro também por mulheres e até crianças.
outra preocupação: até a proclamação, entre os ingredientes comumente encontrados na cerveja constavam plantas narcóticas e tóxicas como maçã-espinhosa, meimendro ou papoula-dormideira, assim como raspas de madeira e até ferrugem.  Sem contar a água potável na  Alemanha do século 16, qoe também era cheia de agentes patogênicos. No processo de fabricação, porém a água era fervida e o lúpulo tem ação antibacteriana.
A mais antiga lei tinha também um fator econômico, já que o imposto era cobrado sobre a cevada, evitando-se assim que cereais importantes na fabricação do pão, como trigo ou centeio, fossem empregados na bebida, trazendo a ameaça de fome para a comunidade.
Só em 1907 foi imposta para todo o então Império Alemão uma lei regulamentando a fabricação da bebida. Mas ela diferia dos preceitos bávaros, pois permitia o uso de fermento e malte no lugar de cevada.
Os cervejeiros alemães não utilizam aromas artificiais, enzimas ou conservantes.
Com mais de 5.500 marcas, a Alemanha é campeã de produção no ranking europeu. No contexto mundial, contudo, ela ocupa apenas o quarto lugar em termos de volume de produção, perdendo para China, EUA e Brasil.

As dez marcas mais consumidas na Alemanha
0,,19196527_303,00
FONTE

As palavras mais longas do alemão

É comum escutar das pessoas: “Alemão é muito difícil”. Isso na realidade é um preconceito que todos tem, causado pela fonética e pelas longas palavras. Realmente existem palavras muito longas, mas unicamente pela exclusão de preposições comum na  língua portuguesa. Na última reforma ortográfica ocorrida com os países de língua alemã, 1996, foi-se estabelecido que não mais se juntaria mais de 4 palavras. Mas ainda existem algumas. A seguir algumas das palavras mais longas do alemão. Para se entender o seu significado temos que ler sempre da direita para a esquerda. Divirtam-se!

Kraft­fahr­zeug-Haft­pflicht­ver­si­che­rung

0,,19134893_302,00A palavra mais longa no dicionário Duden tem 36 letras e significa “seguro obrigatório de veículo contra danos a terceiros”.

 

 

Do­nau-Dampf­schiff­fahrts­ge­sell­schaft

0,,19183251_302,00Esta significa “sociedade operadora dos passeios de barco a vapor pelo rio Danúbio”.

 

 

Rhein-Main-Do­nau-Groß­schiff­fahrts­weg

0,,17030411_302,00Via de navegação para navios grandes que liga os rios Reno, Meno e Danúbio

 

Ar­bei­ter­un­fall­ver­si­che­rungs­ge­setz0,,17017363_302,00

Lei do seguro contra acidentes de trabalho

 

 

Bun­des­aus­bil­dungs­för­de­rungs­ge­setz

0,,15912098_302,00Lei federal sobre o fomento à formação profissional

 

 

Stra­ßen­ver­kehrs-Zu­las­sungs-Ord­nung

0,,18586739_302,00“Norma para licenciamento do tráfego viário”, que abrange tanto condutores como veículos

 

 

Be­hin­der­ten­gleich­stel­lungs­ge­setz

0,,19112192_302,00Lei para a igualdade dos portadores de deficiência

 

 

Steu­er­ver­güns­ti­gungs­ab­bau­ge­setz

0,,15725237_302,00
Lei de redução dos benefícios fiscais

 

 

Nah­rungs­mit­tel­un­ver­träg­lich­keit

0,,18982400_302,00Nesta o português é mais curto: “intolerância alimentar”.

 

 

Le­bens­ver­si­che­rungs­ge­sell­schaft

Companhia de seguros de vida0,,15808411_302,00

 

 

 

Rindfleischetikettierungsüberwachungsaufgaben übertragungsgesetz

0,,16517609_302,00Esta palavra não consta no Duden, mas esteve em alta nos tempos da doença da vaca louca. Ela significa “lei sobre a delegação das obrigações de vigilância da rotulagem de carne bovina”.

 

Donaudampfschifffahrtselektrizitätenhauptbetriebs werkbauunterbeamtengesellschaft

0,,19183266_302,00A considerada mais longa, com 80 letras, também não está no dicionário Duden, mas foi incluída no livro Guinness dos Recordes de 1996. Em português, significa “Associação dos Funcionários Subordinados da Construção da Central Elétrica da Companhia de Barcos a Vapor do Danúbio”.

FONTE

BMW

Em março desse ano a BMW fez  100 anos, para os amantes desse carro vai uma breve história dessa empresa mundialmente conhecida.
Começando pela sigla BMW que quer dizer Bayarische Motoren Werke. Ela foi fundada em Munique, e originalmente contruía motores para aviões. bmw-x1Com a término da Primeira Guerra Mundial e com o Tratado de Versailhes eles foram proibidos de construir esses motores por 5 anos, com isso em 1923 os donos tiveram a idéia de desenvolver as motos, e só em 1928 os carros. Com a chegada da Segunda Guerra Mundial houve uma expansão da BMW, tanto na fabricação de motores para aviões como para motos e carros estáveis. Como a fábrica foi totalmente destruída  pelas bombas após a Segunda Guerra eles começãram a fabricar panelas e freios para automóvei, assim como motos, mas quase  ninguém tinha dinheiro na época para adquiri-las.
No fim dos anos 50 a BMW estava muito mal das pernas, mas foi salva por um homem de nome Herbert Quandt que comprou 46,7% das ações se tornando assim uma das famílias mais ricas da Alemanha.
Em 2010 a BMW se juntou à Rolls Royce, e hoje a BMW é conceituada como um dos melhores carros do mundo, como também um dos mais caros. A fábica da BMW movimenta hoje uma das maiores economias da Alemanha e emprega por volta de 116.000 trabalhadores diretos.

p90204265_highres_bmw-motorrad-konzept